Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades Filantrópicas, Beneficentes e Religiosas e em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado da Bahia.

E-mail Imprimir PDF

"Caboclo"

A História do SindiSaúde contada por quem a constrói


Dourival da França Limeira, mais conhecido como Caboclo, nasceu no dia 28 de maio de 1929 e hoje, aos 78 anos, mantém o compromisso de classe de fortalecer o SindiSaúde (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde da Bahia - Rede Privada).

A história de Caboclo se confunde com a do SindiSaúde. No dia 16 de agosto de 1950, ao ser contratado pela Santa Casa de Misericórdia (Hospital Santa Izabel), ele imediatamente sindicalize-se. O sindicato, na época, chamava-se Sindicato dos Profissionais de Enfermagem, Técnicos, Duchistas, Massagistas e Empregados em Hospitais e Casa de Saúde da Cidade do Salvador. Depois se expandiu para uma representação estadual.

A sede do Sindicato ficava, à época, na Ladeira de São Bento, no mesmo prédio do histórico jornal comunista “O Momento”. A repressão política da época não impediu o crescimento do SindiSaúde e a realização de grandes assembléias em nossa primeira sede. “Quando a polícia atacava a organização dos comunistas, sempre sobrava para o Sindicato. Tivemos todo o nosso material apreendido e até mesmo uma infiltração da polícia aconteceu. Um esmolé chamado Antônio Vitor de Ataíde ficou abrigado em nossa sede só assuntando o que acontecia. Depois descobrimos que ele era agente da polícia política e tinha ligações com o Exército. Felizmente, depois, o Sindicato recuperou todos os seus pertences e nenhum dirigente sindical ficou preso”, diz Caboclo.

“Um fato que chama a atenção e deve servir de exemplo para a juventude era a participação das companheiras trabalhadoras. As mulheres eram muitas e participativas”, afirmou Caboclo que destaca ainda que elas “discutiam com garra na defesa dos direitos dos trabalhadores. Era algo muito emocionante e espero que a atual geração volte a atuar com a mesma força hoje em dia”.

Ele lembra da primeira sede própria do SindiSaúde que ficava na Ladeira da Fonte Nova, na Rua Djalma Dutra e emociona-se ao falar sobre a atual sede na Rua da Independência. “Compramos duas casas aqui no Nazaré e fizemos a reforma nós mesmos. Me lembro de cada entulho que tiramos daqui e da arte necessária para fazer de duas casas residenciais uma sede sindical de respeito. Essa escada espiral de metal que temos aqui foi idéia minha para solucionar o problema de acesso que tínhamos. Temos uma infra-estrutura que não apresenta nenhuma falha. Aqui temos uma reserva de água muito grande e o acesso dos associados é muito fácil de qualquer lugar da cidade. Não há lugar que não tenha transporte para a Barroquinha ou a Lapa”, orgulha-se Caboclo.

Dourival da França Limeira (Caboclo) é um orgulho para os trabalhadores representados pelo SindiSaúde. Ingressou no Santa Izabel em 16 de agosto de 1950. Em 1985 aposentou-se. Contribuiu em cada dia com a construção e fortalecimento do Sindicato e hoje, aposentado, faz questão de divulgar a importância da organização sindical, distribui boletins, chama as pessoas para a sindicalização. É uma alegria conversar com Caboclo. Um homem da História. Um patrimônio do SindiSaúde. Que você possa contribuir ainda mais com o nosso Sindicato e servir de exemplo, inspiração e estímulo para cada um e para todos nós. Obrigado Caboclo!

O auditório do SindiSaúde tem o nome de Dourival da França Limeira (Caboclo). Uma pequena homenagem a quem tanto fez e faz pela categoria.

Presidentes do SindiSaúde

Ismael Ornelas Farias
Sandoval ...
Antônio Ataíde
Gildásio ...
*Junta governativa: Ângelo Abade e Argemiro Duran (Mineiro)
Aloísio Barbosa
Orlando Petili
Jorge da Silva
Roberto Lordelo
Jamilton Góes (presidente dos dois mandatos)
Manoel Moura Ribeiro
Antônio Raimundo Teixeira

 

Sindisaúde

Rua da Independência , nº 40. Nazaré - Salvador - Bahia. CEP.: 40.040-340

Contatos

www.sindisauderp.org.br
sindisauderp@sindisauderp.org.br